Tratamento da Hiperidrose e Simpatectomia

A terapêutica não cirúrgica pode ser tentada inicialmente. Tratamento dermatológico com a aplicação local de cremes e loções poderá aliviar alguns pacientes. Injeções de toxina botulínica (Botox) poderá oferecer controle temporário (4 a 6 meses) para algumas pessoas, sendo realizadas múltiplas injeções em cada área afetada. A dor, os custo envolvidos e a limitada durabilidade do tratamento têm restringido o uso do Botox. O tratamento por Iontoforese requer o uso de um equipamento para aplicação de corrente elétrica através de solução com sais,estando a parte afetada (mãos ou pés) submersas; pode beneficiar determinados pacientes que se adaptem ao tratamento. A terapêutica medicamentosa envolve o uso de drogas (ansiolíticos, betabloqueadores, anticolinérgicos, por exemplo) que têm eficácia limitada e que frequentemente apresentam efeitos colaterais importantes. Infelizmente todas acima são terapêuticas paliativas e não satisfazem a maioria dos pacientes.

O tratamento cirúrgico por Simpatectomia Torácica Endoscópica oferece os melhores resultados,sendo estes geralmente duradouros e previsíveis. A cirurgia é realizada sob anestesia geral, através de incisões de 0,5 a 1 cm (uma em cada axila e uma abaixo de cada mama), com o auxílio de uma câmera de Vídeo. São operados os dois lados, bloqueando ou transectando os nervos responsáveis pelo suor das regiões afetadas, sendo o resultado imediato. O paciente geralmente fica internado apenas 24 horas, tendo alta na manhã seguinte ao procedimento. A Cirurgia usualmente é muito bem tolerada e tem resultados cosméticos bons. Cerca de 95% dos pacientes com Hiperidrose Palmar, e 90% dos com Hiperidrose Axilar, se beneficiam muito do procedimento, ganhando qualidade de vida. A sudorese nos pés apresentará "grande" melhora pos-operatória em apenas 25% dos pacientes, sendo a melhora "média" em outros 25% e "pequena" ainda outros 25%; os 25% restantes dos pacientes não apresentam melhora. Devido a imprevisibilidade de quem melhora e em que grau será esta melhora, a Simpatectomia Toracoscópica não está indicada em quem tem apenas Hiperidrose Plantar, sem sudorese de alguma das outras áreas citadas.

Considerando que a Simpatectomia Vídeo-toracoscópica é um procedimento intratorácico, é importante que o paciente consulte um especialista em Cirurgia Torácica, estudioso da Hiperidrose, afim de excluir outras causas de sudorese, determinar se o diagnóstico de Hiperidrose está correto, discutir as diversas formas de tratamento, assim como suas vantagens e desvantagens, e se o tratamento cirúrgico estaria indicado, e esclarecer as dúvidas existentes..

A doença ocorre nas pessoas porque elas são "nervosas"?

Os pacientes não são nervosos, mas o stress piora qualquer doença, inclusive a hiperidrose. Crises de sudorese ocorrem mesmo sem stress, em repouso e em clima frio.

Que exemplos de "limitação" social ou profissional pode citar?

Há pacientes que evitam apertar as mãos socialmente ou no emprego, evitam seguir profissões que requeiram contato com o público, ou que requeiram o uso de luvas (cirurgião, dentista, instrumentadora,etc). O manuseio de documentos torna-se difícil, pois o suor danifica os mesmos(cheques, escrituras, provas na faculdade, etc), assim como danifica teclado de computadores, mouses, instrumentos musicais (teclados,cordas, etc).

A Hiperidrose acomete pessoas de que idade?

Principalmente jovens, sejam crianças, adolescentes ou adultos jovens, mas pode se iniciar somente após os 40 anos.

As crises podem desaparecer à medida que o paciente fica mais velho?

Algumas pessoas podem apresentar melhora das crises aos 40-50 anos, mas até então terão a qualidade de vida prejudicada.

Quanto tempo o paciente fica sem trabalhar ou sem voltar a sua vida normal?

O paciente é operado no mesmo dia do internamento e recebe alta na manhã seguinte, geralmente retornando às atividades normais em cerca de três dias. Alguns pacientes podem necessitar se afastar do trabalho por 1 a 2 semanas.

Quando o paciente inicia a melhora da sudorese após a operação?

A melhora é imediata e duradoura; o paciente já sai da sala de operações com as mãos secas e quentes.

Há algum preparo ou pré-requisito para a operação?

Sugerimos ver um Cirurgião especialista para saber se o diagnóstico de hiperidrose está correto e se a operação está indicada.

O paciente ficará com alguma limitação permanente após a operação?

Do ponto de vista cosmético as cicatrizes são pequenas e apresentam bons resultados. Do ponto de vista Cardíaco e Pulmonar, as pesquisas têm demonstrado que não há alteração significante. As mãos e as axilas poderão ficar muito ressecadas, necessitando o uso de cremes hidratantes. Como a operação elimina a sudorese dos membros superiores e possivelmente diminui a da face, algumas pessoas podem apresentar sudorese em outros locais (costas ou abdomen, por exemplo), principalmente em dias quentes. Este suor reflexo pode ser duradouro, sendo geralmente leve, ocasionalmente moderado; este suor ocorre em 30% a 80% dos pacientes. Contudo, 94% a 98% dos pacientes ficam muito satisfeitos com os resultados. e ocorrendo entre 30 e 80% dos pacientes; 94% a 98% dos pacientes ficam muito satisfeitos com o resultado. Um pequeno número de pacientes (de 2% a 6%), dependendo de uma série de fatores clínicos, pode desenvolver este suor em grau severo, necessitando a troca de roupas de 02 a 03 vezes ao dia, porém felizmente isto é raro.

Exemplo foto 4 de Hiperidrose na axila

Suor excessivo nas mãos

Exemplo foto 4 de Hiperidrose na axila

Antes do tratamento de Hiperidrose

Aspecto das incisões no pos-operatório (Hiperidrose nas Axilas)